Setecentos migrantes mortos nesta semana no Mediterrâneo (ACNUR)

Roma, 29 Mai 2016 (AFP) - Até 700 migrantes podem ter morrido nesta semana em naufrágios de embarcações que partiram da costa líbia, estimou neste domingo a Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR), citando testemunhos de sobreviventes.

"A situação é caótica, não estamos certos do número, mas até 700 migrantes podem ter se afogado em três naufrágios nesta semana", disse à AFP um porta-voz da ACNUR, Federico Fossi.

Quinhentos migrantes, entre eles cerca de 40 crianças, foram declarados desaparecidos na quinta-feira, após o naufrágio de uma das embarcações.

Uma centena de pessoas foram declaradas desaparecidas na véspera em outro incidente e 45 corpos foram recuperados na sexta-feira em outro naufrágio, no qual também pode haver desaparecidos.

"Nunca saberemos o número exato, nunca conheceremos sua identidade, mas os sobreviventes nos disseram que há mais de 500 mortos", disse no Twitter após a tragédia de quinta-feira outra porta-voz da ACNUR, Carlotta Sami.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos