Violentos combates entre soldados e rebeldes deixam 48 mortos no Iêmen

Adem, 29 Mai 2016 (AFP) - Violentos combates foram registrados neste domingo entre soldados pró-governamentais e rebeldes xiitas no sul do Iêmen, deixando 48 mortos dos dois lados, indicou um oficial das Forças Armadas leais ao governo do presidente Abd Rabbo Mansur Hadi.

"Vinte e oito huthis (rebeldes xiitas) e 20 de nossos soldados morreram nos combates", declarou à AFP o general Misfer al Harithi, comandante do 19º batalhão de infantaria das Forças Armadas iemenitas.

O general afirmou que seus homens conseguiram conter uma ofensiva repentina dos rebeldes em um setor da província de Shabwah, antes de partir em direção à conquista de posições adversárias.

Estes confrontos ocorreram apesar da frágil trégua e das negociações de paz, realizadas sob os auspícios da ONU no Kuwait desde 21 de abril.

As forças pró-governamentais apoiadas por uma coalizão árabe-sunita dirigida pela Arábia Saudita tomaram dos rebeldes huthis cinco províncias do sul do Iêmen, incluindo a quase totalidade de Shabwah, em julho do ano passado.

A ONU estima que o conflito no Iêmen deixou desde o fim de março de 2015 mais de 6.400 mortos e 2,8 milhões de deslocados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos