Equador registra em média 39 réplicas diárias do terremoto de abril

Quito, 31 Mai 2016 (AFP) - O Equador registrou em média 39 réplicas diárias de até 6,8 graus de magnitude do terremoto devastador que atingiu o país no último 16 de abril, informou na terça-feira o Instituto Geofísico de Quito (IG).

"Até o momento temos um total de 1.745 réplicas desde o terremoto de 16 de abril", afirmou o IG em um relatório.

O terremoto de magnitude 7,8, que atingiu localidades da costa equatoriana, deixou 673 mortos, nove desaparecidos e 6.274 feridos, segundo o presidente, Rafael Correa.

O forte tremor também levou 28.775 pessoas a se refugiarem em abrigos e destruiu 6.998 edifícios.

O governo, que calcula um prejuízo de três bilhões de dólares em nível nacional, entrega ajudas no valor de até 10.000 dólares às famílias afetadas para construírem novas casas, além de ajudas temporárias para alugar imóveis e comprar alimentos.

Cerca de 73.000 pessoas foram evacuadas das suas casas e milhares estão sendo acolhidas por outras famílias, segundo a agência da ONU para os refugiados (ACNUR).

O terremoto recente no Equador foi o terceiro mais mortífero dos últimos 15 anos na América Latina, atrás do que atingiu o Haiti em janeiro de 2010, deixando entre 200.000 e 250.000 mortos, e dos dois que sacudiram El Salvador em janeiro e fevereiro de 2001, causando a morte de 1.142 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos