Ex-Miss Turquia condenada por insultos contra o presidente

Istambul, 31 Mai 2016 (AFP) - Uma ex-Miss Turquia foi condenada nesta terça-feira a um ano de prisão, mas com suspensão condicional da pena, por ter compartilhado em sua conta do Instagram um poema que contém insultos contra o presidente Recep Tayyip Erdogan.

Merve Buyuksarac, de 27 anos, foi coronada Miss Turquia em 2006.

A justiça a processou por ter publicado uma versão do hino nacional turco que contém insultos contra o presidente Erdogan em 2014, quando ele ainda era primeiro-ministro.

A jovem foi condenada por um tribunal de Istambul por "insulto a uma autoridade do Estado", mas a execução da pena foi adiada, informou a agência de notícias Dogan.

Detida por alguns dias em janeiro de 2015, a jovem admitiu na época aos investigadores que compartilhou um trecho de um texto publicado em uma revista satírica, mas afirmou que não teve a intenção de insultar o presidente.

Os advogados de Erdogan alegaram que o fato de compartilhar o poema não entrava no "contexto da liberdade de expressão" e ultrapassava "os limites da crítica" ao "humilhar" o presidente Erdogan, segundo a agência Dogan.

Os processos por ofensas a Erdogan aumentaram desde sua eleição como chefe de Estado em agosto de 2014, um sinal, de acordo com seus críticos, de uma guinada autoritária.

Quase 2.000 processos judiciais foram iniciados na Turquia contra artistas, jornalistas e outros indivíduos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos