Oposição venezuelana diz que OEA não pode 'fazer vista grossa'

Caracas, 31 Mai 2016 (AFP) - A oposição venezuelana recebeu com cautela nesta terça-feira a decisão do secretário-geral da OEA, Luis Almagro, de invocar a Carta Democrática pela situação na Venezuela, e advertiu que a entidade não pode "fazer vista grossa" para a crise no país.

"Nós não vamos forçar ninguém, compreendemos o quão complicado são os mecanismos diplomáticos e estamos conscientes de que em uma organização como a OEA há a representação de diferentes governos, que muitas vezes procedem com muita cautela", disse em uma coletiva de imprensa o presidente do Parlamento, Henry Ramos Allup, representando a oposição Mesa da Unidade Democrática (MUD).

No entanto, ele acrescentou que "nem a comunidade internacional, incluindo a OEA, pode virar o rosto, fechar os olhos para a grave crise humanitária que estamos vivendo, não apenas de alimentos e remédios, mas também pelas violações dos direitos humanos e a ausência da democracia".

"Uma crise na Venezuela afeta toda a região", advertiu.

O chefe da Assembleia Nacional -de maioria opositora- recordou que a MUD fez "um pedido formal" pelo "direito de expor junto à OEA, ante o Conselho Permanente, qual é a situação da Venezuela".

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, convocou nesta terça-feira uma "sessão urgente" do Conselho Permanente da instituição para discutir a situação política e institucional na Venezuela, invocando a Carta Democrática Interamericana.

Em um relatório de 132 páginas dirigido ao presidente do Conselho, o argentino Juan José Arcuri, Almagro pede uma sessão entre 10 e 20 de junho dedicada à "alteração da ordem constitucional" na Venezuela e como se afeta gravemente "a ordem democrática" neste país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos