Aliança independentista claudica na Catalunha

Barcelona, 1 Jun 2016 (AFP) - A aliança entre os partidos independentistas na Catalunha claudica depois que a esquerda radical rechaçou, nesta quarta-feira, a aprovação do orçamento da coligação que governa esta rica região, no nordeste do país, com o objetivo de separá-la da Espanha.

A coligação Juntos pelo Sim, formada pelo partido liberal CDC e pelo progressista ERC, com 62 deputados de 135, chegou ao poder em janeiro com o apoio da esquerda radical CUP (10), que por sua vez forçou a saída do presidente Artur Mas, substituído por Carles Puigdemont.

Na semana anterior, o executivo apresentou os orçamentos para o ano em curso que aumentam em 874 milhões de euros os gastos sociais e destinavam 285 milhões de euros a medidas sociais combinadas previamente com a esquerda radical CUP, que, ainda assim, os julgou insuficientes.

Este pequeno partido anticapitalista e eurocético reclama ao executivo regional que aumente os impostos sobre as rendas mais altas e desobedeça o objetivo de 0,7% de déficit público marcado pelo governo espanhol.

"Necessitamos de uma nova proposta de orçamentos, os apresentados não têm margem de negociação", afirmou em um comunicado o grupo depois de se reunirem nesta quarta com o presidente Carlos Puigdemont e seu vice-presidente Oriol Junqueras.

Essa negação aos orçamentos vem depois de meses de desencontros entre a coligação governamental e a CUP, apesar do acordo de estabilidade fechado para impulsionar a região mediterrânea, de 7,5 milhões de habitantes, a um processo unilateral de independência que não termina de se materializar.

De fato, em uma assembleia ocorrida na semana passada, os militantes da CUP, que apostam no confronto direto com Madri, aprovaram ignorar este acordo e pressionar a coligação do governo para acelerar o processo de independência.

Para alguns, estas lutas internas colocam em perigo os planos independentistas do governo, em minoria se não dispuser do apoio da CUP.

"Parece que nós mesmos iremos explorar o processo de dentro", advertiu a presidente da associação de municípios independentistas, Neus Lloveras, em uma entrevista para o rádio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos