Ao menos 42 civis morrem em ataques aéreos no norte da Síria (OSDH)

Beirute, 1 Jun 2016 (AFP) - Ao menos 42 civis foram mortos nesta quarta-feira no norte da Síria em ataques aéreos realizados pelo governo, pela aviação russa e pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os ataques da aviação do regime sírio mataram 15 civis na província de Idleb, enquanto os bombardeios aéreos russos e do regime de Damasco fizeram 11 mortos na província de Aleppo, segundo o OSDH.

Sete deles morreram no ataque feito pelo governo em um ônibus na estrada de Castello, rota principal de abastecimento aos rebeldes fora da dividida capital provincial de Aleppo, disse o OSDH.

Além disso, outros seis civis morreram nos ataques realizados pela coalizão internacional na localidade de Manbij (província de Aleppo) e 10 na cidade de Raqa, capital da província de mesmo nome e reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI), acrescentou a mesma fonte.

A coalizão internacional que luta contra o EI disse nesta quarta que havia realizado 18 ataques aéreos próximos a Manbij, situada a 30 km ao oeste do rio Eufrates.

Na semana passada, a aliança árabe-curda lançou um ataque contra o EI ao norte de Raqa, sua capital de fato na Síria, recuperando dezenas de povos do norte da província.

A guerra na Síria, que começou em 2011 com as revoltas contra o governo do presidente Bashar al-Assad, já deixou ao menos 280.000 mortos e milhões de desabrigados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos