Moradores de Fort McMurray, no Canadá, começam a voltar para casa

Fort McMurray, Canadá, 1 Jun 2016 (AFP) - Os moradores de Fort McMurray, na província canadense de Alberta (oeste), começaram nesta quarta-feira a voltar para a cidade, um mês depois de abandoná-la devido a uma gigantesco incêndio florestal.

Os moradores que retornaram foram recebidos com dezenas de mensagens de boas-vindas: "Nós estamos aqui, nós somos fortes" e "Juntos vamos reconstruir".

"Estaremos com vocês em cada passo do caminho", afirmou o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, aos habitantes desta cidade situada na região petroleira do oeste do país.

Espera-se que 15.000 moradores retornem nesta primeira leva, e o restante dos cerca de 100.000 evacuados da região deverão voltar nas duas próximas semanas.

O governo alertou às famílias sobre a escassez de provisões e pediu que retornassem com o máximo possível de combustível nos veículos, água, alimentos e medicamentos.

No entanto, vários estabelecimentos conseguiram se reabastecer e apresentar frutas e verduras nas vitrines. Da mesma forma, bancos e serviços municipais abriram as portas antes da chegada dos moradores.

O retorno é voluntário e está programado para acontecer até 15 de junho, mas corresponde a apenas 85% da cidade.

O resto é a parte carbonizada pelas chamas, que está rodeada por uma cerca metálica de 30 km para impedir o acesso, à espera da retirada dos entulhos e da habilitação da zona.

As emissões tóxicas de gás e de partículas nesses bairros devastados pelo fogo adiaram o regresso de cerca de 9.000 pessoas.

O governo também pediu que as famílias com crianças menores de sete anos, idosos e pessoas com problemas respiratórios esperem para retornar à Fort McMurray.

O hospital deverá voltar a funcionar plenamente em 21 de junho, e o aeroporto prevê retomar os voos comerciais em 10 de junho.

As companhias petroleiras, que pretendem retomar as operações antes do fim de semana, organizaram pontes-aéreas para transportar os milhares de trabalhadores que tinham sido evacuados das instalações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos