Órgão eleitoral venezuelano suspende reunião com oposição sobre referendo

Caracas, 2 Jun 2016 (AFP) - A oposição venezuelana denunciou, nesta quinta-feira, que o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) suspendeu uma reunião sobre os próximos passos a serem dados no processo de ativação do referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro.

"Vamos anunciar ao país os passos que vamos dar diante dessa insólita situação. Pedimos ao povo que tenha calma, serenidade, para estar à altura dessa situação extremamente complexa", declarou o porta-voz da Mesa da Unidade Democrática (MUD, de oposição), Jesús Torrealba, ao convocar uma reunião de emergência da coalizão.

"Hoje, pela quinta vez consecutiva, o CNE descumpriu [seu compromisso] com o povo", acrescentou, ao se referir a outros encontros que também teriam sido cancelados pelo órgão eleitoral no processo.

"É inaceitável a suspensão da reunião com a Unidade por parte das Senhoras do CNE", tuitou o líder de oposição Henrique Capriles, principal promotor do referendo revogatório.

A MUD esperava que o CNE o informasse sobre a revisão do conjunto de 1,8 milhão de assinaturas - nove vezes o necessário - entregues há um mês para solicitar a ativação do referendo.

O CNE precisa confirmar se foram obtidas pelo menos 200.000 assinaturas válidas para que a oposição dê continuidade ao processo de validação, por impressão digital, do que foi coletado.

mis-et/yow/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos