Volta de moradores a Fort McMurray, no Canadá, é mais lenta que o previsto

Fort McMurray, Canadá, 2 Jun 2016 (AFP) - O ritmo de retorno dos moradores evacuados à cidade canadense de Fort McMurray, devastada por incêndios florestais, se acelerou nesta quinta-feira, mas continua abaixo do previsto.

As autoridades locais estavam preparadas para receber de volta nesta quinta-feira 40.000 habitantes, mais que o dobro do dia anterior, mas acreditam que a meta não será atingida.

"Com base no fluxo do tráfego (...) nós esperamos que cerca de 20.000 pessoas retornem voluntariamente para a comunidade hoje", disse Scott Longo, diretor da Agência de Gerenciamento de Emergências Alberta, em uma coletiva de imprensa.

O retorno dos moradores começou na quarta-feira, com cerca de 8.000 pessoas de volta às suas casas, retirando as cortinas e jogando fora a comida que estragou nas geladeiras após um mês intocada.

"Tenho o prazer de informar que a fase voluntária de retorno dos moradores correu sem problemas ontem", disse Long.

O diretor acrescentou, no entanto, que apenas metade das pessoas habilitadas tinham voltado.

O fogo, que em 3 de maio provocou a evacuação de quase 100.000 pessoas de Fort McMurray e localidades vizinhas, continua fora de controle, mas se deslocou para zonas não-habitadas e se estabilizou em 580.000 hectares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos