Bombardeios do regime sírio deixam 31 mortos em Aleppo e seus arredores

Aleppo, Síria, 3 Jun 2016 (AFP) - Pelo menos 31 civis morreram nesta sexta-feira em bombardeios do regime sírio contra os bairros de Aleppo sob controle rebelde e os arredores da cidade, anunciou à AFP uma fonte da Defesa Civil.

"Além dos 10 civis mortos em bombardeios contra um ônibus na estrada de Castello, ao noroeste de Aleppo, outros 21 morreram em ataques intensos em vários bairros da zona leste da cidade", afirmou a fonte.

"Bombardeios aéreos com uma intensidade louca atingiram a cidade durante a madrugada", afirmou um correspondente da AFP na região.

A aviação do regime de Bashar al-Assad lançou dezenas de barris de explosivos contra alguns bairros, disse.

Vinte e um civis morreram nos bombardeios, de acordo com a Defesa Civil. Outros 10 morreram quando aviões do regime atacaram um ônibus que circulava pelos arredores de Aleppo, na estrada de Castello, a única via que permite a saída das áreas controladas pelos insurgentes.

A ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) confirmou que bombardeios intensos contra a estrada de Castello mataram "ao menos oito civis".

Ao menos 19 civis, incluindo seis crianças, morreram na quinta-feira em Aleppo em bombardeios das tropas do regime contra bairros controlados pelos rebeldes.

A guerra na Síria, que começou em 2011, matou mais de 280.000 pessoas e forçou a fuga de milhões de sírios de suas residências.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos