Ofensiva avança contra grupo EI perto de Minbej, na Síria

Washington, 4 Jun 2016 (AFP) - Os grupos rebeldes sírios que buscam retomar do grupo Estado Islâmico (EI) a cidade estratégica de Minbej, no norte da Síria, já conquistaram cerca de 100 km², segundo um porta-voz militar americano.

"Desde o início da ofensiva em 30 de maio, com o apoio de mais de 55 ataques aéreos da coalizão" internacional liderada por Washington, as forças rebeldes ganharam cerca de "100 quilômetros quadrados de terreno" a oeste do Eufrates, informou nesta sexta-feira o coronel Pat Ryder, um porta-voz do Centcom, o comando militar americano no Oriente Médio.

"Enfrentam uma forte resistência do EI, como era esperado", mas "continuam avançando", afirmou.

A cidade Minbej está situada sobre um eixo que une Raqa, o reduto do EI na Síria, à fronteira turca.

A recuperação da cidade permitiria cortar esse eixo "crucial", utilizado pelo EI para fazer passar "combatentes, armas, dinheiro, mantimentos", entre a fronteira turca e Raqa, explicou o porta-voz.

Segundo Ryder, a ofensiva sobre Minbej é realizada por cerca de 3.000 combatentes árabes locais, com o apoio de cerca de 500 milicianos curdos.

Desde o início da ofensiva contra o EI na Síria, em setembro de 2014, Washington buscava sem sucesso forças árabes para enfrentar o grupo extremista, pelo qual estes avanços constituem um sucesso bem-vindo para a administração do presidente Barack Obama.

As forças especiais americanas mobilizadas no nordeste da Síria assessoram os combatentes rebeldes na ofensiva até Minbej, mas se mantêm no "comando" da operação, sem se envolverem diretamente nos combates, segundo o porta-voz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos