Trump critica 'delinquentes' que protestaram contra ele na Califórnia

Washington, 4 Jun 2016 (AFP) - O virtual candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, criticou nesta sexta-feira os manifestantes, aos quais chamou de "delinquentes", que provocaram incidentes na véspera próximo a um comício em San José, Califórnia.

"O comício de San José, ontem à noite, foi muito bom", escreveu Trump no Twitter. "Importante afluência. Do lado de fora, um pequeno grupo de delinquentes queimou a bandeira americana!".

O presidente Barack Obama também criticou a violência política em San José: "nossa democracia não é isto, não há lugar para violência, não há espaço para gritaria".

"Não há lugar para uma política na qual não se escute o outro lado, mesmo que se expresse com veemência. Se você tem o melhor argumento, então não precisa fazer isto, apenas sair, organizar e convencer".

Os confrontos entre partidários e opositores de Trump em seus atos políticos têm se tornado frequentes.

Na Califórnia, onde grande parte da população é de origem latina, as declarações anti-mexicanas do candidato republicano incentivam importantes manifestações, algumas violentas.

Neste estado da costa oeste dos Estados Unidos, que na próxima terça-feira celebra primárias (sem surpresas para os republicanos, visto que Trump é o único pré-candidato), seus comícios contam, sistematicamente, com uma presença policial maciça, devido à previsão de distúrbios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos