Turco é condenado a 108 anos de prisão por abusar de crianças sírias

Istambul, 4 Jun 2016 (AFP) - Um tribunal da Turquia condenou um homem a 108 anos de prisão por abusar sexualmente de ao menos oito crianças sírias em um campo de refugiados, informou neste sábado a mídia local.

O acusado, de 29 anos e identificado como Erdal E., trabalhava como limpador no campo de Nizip, na província meridional de Gaziantep, próxima à fronteira com a Síria.

Os juízes consideraram o homem culpado por abusar sexualmente de oito meninos nos banheiros do campo em troca de dinheiro - entre 1,50 e 5,00 liras turcas (entre 0,50 e 1,70 dólares), segundo a agência de notícias Dogan.

A defesa solicitou a absolvição, alegando que a primeira confissão do acusado ante a polícia foi feita sob coação.

Mas os juízes do tribunal de Nizip (sul) rejeitaram estes argumentos e sentenciaram, na sexta-feira, o homem a 108 anos de prisão. A promotoria pedia uma pena de 289 anos.

As organizações humanitárias alertaram que as crianças refugiadas sírias são muito vulneráveis aos agressores sexuais.

O campo onde aconteceram os abusos, onde vivem 10.800 refugiados, já foi visitado por vários líderes internacionais. A primeira-ministra alemã, Angela Merkel, visitou um campo de refugiados adjacente em abril.

A Turquia acolhe 2,7 milhões de refugiados procedentes da vizinha Síria, dos quais 250.000 vivem em campos de refugiados.

O jornal Birgun afirmou que o condenado é suspeito de abusar de 30 crianças no total, embora a sentença da sexta-feira só considere oito casos. O resto das famílias temem ser enviadas de volta à Síria se denunciarem os abusos.

As vítimas seriam meninos de entre 8 e 12 anos, segundo o diário.

A agência turca encarregada das situações de emergência, AFAD, responsável também pelo campo, disse que está tomando medidas para evitar incidentes similares no futuro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos