Corpos de 132 migrantes foram encontrados na Líbia desde quinta-feira

Zuara, Libia, 5 Jun 2016 (AFP) - Os corpos de 132 migrantes que tentavam alcançar a Europa foram encontrados nas praias do oeste da Líbia nos últimos quatro dias, informaram neste domingo fontes oficiais e a ONG Crescente Vermelho.

Todos os cadáveres, com exceção de três, foram encontrados nas praias da cidade de Zuara, enquanto o resto foi resgatado a 20 km dali, em uma praia de Melita.

"O número total de corpos de migrantes encontrados nas praias de Zuara desde quinta-feira subiu para 129", disse à AFP o porta-voz da Crescente Vermelho, Mohamed al Misrati.

Na quinta-feira, 17 corpos foram retirados, e outros 12 foram encontrados na sexta-feira, disse Misrati.

Khaled Ben Khalifa, membro do conselho local de Zuara, disse que outros três cadáveres estavam na praia de Melita, perto de um complexo de gás, o que eleva o total a 132.

Desde a revolta popular que derrubou o regime do ditador Muamar Kadafi em 2011, os traficantes de seres humanos se aproveitam do caos que reina na Líbia para embarcar migrantes rumo à Europa desde as costas ocidentais do país.

Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), 37.785 migrantes chegaram à Itália desde o início do ano até 25 de maio, grande parte deles através da rota líbia.

Neste mesmo período, 1.370 migrantes e refugiados morreram tentando chegar à Europa através do Mediterrâneo - 24% menos que no mesmo período do ano anterior (1.792), afirmou na terça-feira a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos