Clube de Paris admite Coreia do Sul, seu primeiro membro emergente

Paris, 6 Jun 2016 (AFP) - O seleto Clube de Paris, que reúne os credores públicos, anunciou nesta segunda-feira a admissão da Coreia do Sul, abrindo suas portas às potências emergentes.

A Coreia do Sul passa a ser o 21º país do grupo, como "reconhecimento de seu papel crescente como credor soberano", destacou o Clube de Paris em comunicado.

O grupo havia expressado no início do ano sua vontade de admitir os grandes países emergentes, cada vez mais presentes no mercado das dívidas soberanas.

A Coreia do Sul pode agora atuar no "marco multilateral que permite os credores cobrar dívidas atrasadas e encontrar soluções eficazes e rápidas na crise da dívida soberana", explica o documento.

O Clube de Paris, criado em 1956, é um "grupo informal" de países industrializados, integrado por Estados Unidos, Alemanha, França, Japão, Suíça, entre outros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos