Um morto e seis feridos em protesto da oposição no Quênia

Nairóbi, 6 Jun 2016 (AFP) - Um homem morreu e seis pessoas foram feridas a tiros nesta segunda-feira em Kisumu, oeste do Quênia, na dispersão pela polícia de um protesto da oposição que exigia a dissolução da Comissão Eleitoral, informaram testemunhas e a Cruz Vermelha.

Vários manifestantes afirmaram que a vítima fatal foi atingida por tiros da polícia, que ainda não comentou as acusações.

Seis pessoas feridas foram hospitalizadas, segundo a Cruz Vermelha.

Várias manifestações contra a Comissão Eleitoral (IEBC) foram organizadas pela oposição e por organizações da sociedade civil desde 25 de abril.

De acordo com a oposição, a IEBC favorece o governo e não pode garantir a imparcialidade na eleição presidencial de agosto de 2017, que deve ter uma nova disputa entre o atual presidente Uhuru Kenyatta, de 54 anos, e o líder da oposição, Raila Odinga, de 71.

mom-cyb/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos