Civis fogem de reduto extremista na Síria; coalizão árabe-curda se aproxima

Beirute, 7 Jun 2016 (AFP) - Milhares de civis fugiam nesta terça-feira da cidade síria de Minbej (norte), controlada pelos jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI), à medida que os combatentes de uma coalizão árabe-curda se aproxima, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

As Forças Democráticas Sírias (FDS), apoiadas pelos Estados Unidos, "avançaram durante a noite a uma área a menos de cinco quilômetros de Minbej, a partir do norte", afirmou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

As FDS se aproximaram durante a noite de segunda-feira a menos de dois quilômetros da periferia norte da cidade, e a sete quilômetros na frente leste.

"O EI começou a autorizar os civis a fugir para o oeste, mas há pouco tempo proibia todo mundo de abandonar a cidade", disse Abdel Rahman.

O diretor da ONG síria explicou que "milhares" de habitantes já deixaram a cidade, enquanto os extremistas tentam defender suas posições na localidade.

O número de moradores é calculado em 20.000 nesta localidade da província de Aleppo.

Em 2011, no início do conflito sírio, a cidade tinha 120.000 residentes sunitas, em sua maioria árabes, com 25% da população curda e uma pequena minoria turcomana.

O objetivo das FDS é assumir o controle Minbej para cortar o eixo que o EI utiliza para transportar homens, armas e dinheiro a partir da fronteira com a Turquia (30 km ao norte) para seu reduto na cidade de Raqa.

De acordo com o governo dos Estados Unidos, 3.000 combatentes árabes e 500 curdos participam na batalha, apoiados por ataques aéreos da coalizão internacional antijihadista.

As FDS executam paralelamente uma ofensiva ao norte de Raqa com destino à cidade de Tabqa. O exército sírio, apoiado pela Rússia, também avança em direção a esta cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos