Urso pardo é solto nos Pirineus para garantir reprodução da espécie

Barcelona, 7 Jun 2016 (AFP) - Um urso pardo macho procedente da Eslovênia foi solto nos Pirineus com o objetivo de garantir a permanência da espécie nesta cordilheira localizada entre a Espanha e a França, onde estes animais estão quase extintos, informaram nesta terça-feira autoridades locais.

O exemplar tem entre 9 e 10 anos, pesa 205 kg e foi batizado de Goiat, palavra que significa "menino jovem" em dialeto local. Foi solto na segunda-feira após uma longa viagem por terra, saindo da reserva eslovena de Jelen, afirmou o governo regional da Catalunha em um comunicado.

A extinção dos ursos pardos nos Pirineus, onde já não existem exemplares autóctones, foi evitada há 20 anos com a liberação de três ursos - duas fêmeas e um macho - procedentes da Eslovênia.

Neste período, a população aumentou até 35 exemplares. No entanto, a grande maioria desses animais são descentes de Pyros, o macho dominante da zona, introduzido em 1997 e que agora, já com 26 anos, se aproxima da velhice, o que colocava em perigo a viabilidade da espécie.

Desse modo, para romper a consanguinidade da comunidade de ursos pardos nos Pirineus e garantir sua reprodução nos próximos anos, as autoridades locais decidiram introduzir este novo exemplar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos