Damasco autoriza acesso de ajuda à ONU a outras três localidades

Nações Unidas, Estados Unidos, 8 Jun 2016 (AFP) - O governo sírio autorizou a ONU a enviar ajuda humanitária por via terrestre a outros três locais sitiados, informou nesta quarta-feira o porta-voz da ONU Stéphane Dujarric.

Tratam-se de Daraya, Douma (perto de Damasco) e Muadamieh. Agora chegam a 15 as zonas sitiadas ou de difícil acesso às quais o governo sírio permite o acesso em junho, indicou Dujarric.

A ONU havia pedido acesso humanitário a 17 zonas sitiadas. As duas áreas cuja a entrada ainda não foi autorizado são Al-Waer, em Homs, e Zabadani, nas proximidades de Damasco.

Dujarric acrescentou que a ONU continuará pedindo a entrada de comboios de ajuda terrestres.

Se os bloqueios terrestres persistirem, existe a opção de realizar lançamentos aéreos.

"Essa continua sendo uma opção, mas precisamos ter autorização de Damasco", acrescentou o porta-voz.

"O objetivo é tentar oferecer a maior quantidade de ajuda possível por terra", insistiu.

As grandes potências acordaram no mês passado que se a ajuda humanitária continuar a ser bloqueada, a ONU começará a fazer lançamentos aéreos a partir de 1º de junho.

O organismo decidiu priorizar a via terrestre e utilizar a via aérea somente como último recurso, devido às dificuldades logísticas e de segurança.

Quase 600.000 pessoas, segundo a ONU, vivem em 19 zonas ou locais cercados por beligerantes, principalmente pelas tropas do governo. Quase quatro milhões de pessoas vivem em zonas de difícil acesso. Muitos deles sofrem de desnutrição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos