Novo surto de ebola termina na Libéria

Monróvia, 9 Jun 2016 (AFP) - O último surto de ebola na Libéria, último país ainda afetados pela epidemia que devastou parte da África Ocidental, terminou, garantiu nesta quinta-feira o Ministério da Saúde da Libéria.

"De acordo com as regras da OMS (Organização Mundial da Saúde), podemos dizer que estamos agora, novamente, livres de ebola", disse à AFP em Monrovia Sorbor George, chefe de comunicações do ministério.

"Acabamos de completar o período de 42 dias exigido pela OMS" - duas vezes o período de incubação do vírus - a partir do segundo teste negativo no último paciente conhecido.

"Desta forma, a Libéria está novamente livre do Ebola", indicou George.

No entanto, ele pediu cautela, notando que as declarações anteriores deste tipo foram seguidas da descoberta de novos casos ou surtos na Libéria, ou em Guiné ou Serra Leoa, os três países vizinhos mais afetados pela epidemia desde o seu surgimento, no final de 2013, no sul da Guiné.

O risco de contaminação persiste além dos 42 dias, porque o vírus sobrevive em certos fluidos corporais de sobreviventes, incluindo sêmen onde ele pode ficar até um ano, de acordo com estudos.

O fim do surto de Ebola na Libéria marca o fim da epidemia na África Ocidental, a pior desde a identificação do vírus há 40 anos na África Central.

Ao todo, atingiu dez países, incluindo Espanha e Estados Unidos, causando mais de 11.300 mortes - mais de 4.800 apenas na Libéria - de cerca de 28.600 casos relatados.

Em 17 de março, a OMS declarou a interrupção de "todas as correntes de transmissão iniciais" após o último episódio da epidemia em Serra Leoa, antes de as autoridades guineenses anunciarem no mesmo dia um ressurgimento no sul do país.

Esse ressurgimento tinha se espalhou para a Libéria, com três casos confirmados: a esposa de um dos pacientes mortos na Guiné - ela mesma falecida em 31 de março, em Monrovia - e seus dois filhos de 5 e 2 anos de idade, que foram curados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos