Sanders diz que se reunirá com Hillary para "trabalharem juntos"

Washington, 9 Jun 2016 (AFP) - Bernie Sanders, aspirante à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, prometeu nesta quinta-feira se reunir com a vencedora das primárias do partido, Hillary Clinton, para impulsionar a unidade partidária.

Após se reunir durante uma hora com o presidente Barack Obama na Casa Branca, Sanders não confirmou que abandonaria a campanha nem que ofereceria seu apoio a Hillary, comprometendo-se a encontrá-la "para ver como podemos trabalhar juntos".

"Estou ansioso por me reunir com ela em breve e ver como podemos trabalhar em conjunto para vencer Donald Trump e criar um governo que represente a todos", afirmou Sanders ao término do encontro com Obama.

O senador por Vermont ainda está tecnicamente na disputa, apesar de já ser certo que a Convenção Democrata, que se reunirá na Filadélfia no final de julho, designará sua adversária à presidência.

"Em minha mente, como na da maioria dos americanos, Donald Trump sería claramente um desastre como presidente", acrescentou.

"É óbvio que farei tudo que estiver em meu poder para garantir que Donald Trump não seja presidente", determinou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos