ONU pede mobilização mundial contra Boko Haram após ataque no Níger

Niamei, 11 Jun 2016 (AFP) - O coordenador humanitário das Nações Unidas no Níger, Fodé Ndiaye, pediu à comunidade internacional, neste sábado, que mobilize seus recursos diante da crise resultante do maciço ataque do Boko Haram a Bosso, no sudeste do Níger.

"Antes desses acontecimentos, tínhamos US$ 75 milhões em nosso plano de resposta humanitária. No momento em que eu falo com vocês, faltam US$ 3 a cada US$ 4, e isso já antes desses acontecimentos. É importante ter uma maior mobilização da comunidade internacional", disse Ndiaye, à AFP, ao voltar de Diffa, capital da província onde ocorreu o ataque.

Segundo as autoridades nigerinas, 26 soldados foram mortos na semana passada em um assalto lançado pelo Boko Haram a Bosso, uma localidade do Níger próxima à fronteira com a Nigéria e com o Chade.

Cerca de 50.000 pessoas fugiram dessa região, em um setor que já acolhe inúmeros acampamentos de refugiados, devido à perseguição do Boko Haram.

"São milhares de pessoas que estão nas estradas (...) em condições extremamente difíceis, sem água, sem abrigo. Alguns estão espalhados debaixo das árvores com esse calor inclemente nesse mês do Ramadã", continuou Ndiaye.

"Em Kijendi (acampamento com 12.000 pessoas antes do ataque), normalmente, o médico recebe dez pacientes (por dia). Agora, ele recebe 100 por dia", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos