Kuczynski é confirmado presidente do Peru com 50,124% dos votos

Lima, 12 Jun 2016 (AFP) - O Escritório Nacional de Processos Eleitorais (Onpe) confirmou, neste domingo, a vitória de Pedro Pablo Kuczynski sobre Keiko Fujimori na disputa pela Presidência do Peru, após a revisão de 0,2% dos votos.

Kuczynski, do Peruanos Pela Mudança (PPK), obteve 50,124% dos votos contra 49,876% de Keiko, da Força Popular, no segundo turno eleitoral, realizado em 5 de junho, declarou o Onpe.

O candidato do PPK venceu por uma diferença de 42.597 votos, totalizando 8.591.802 de votos, contra 8.549.205 a favor de Keiko Fujimori. Essa foi uma das eleições mais acirradas das últimas cinco décadas no país.

Depois de incorporar o 0,2% dos votos pendentes, manteve-se a apertada diferença registrada na última quinta-feira (9), quando Kuczynski foi anunciado vencedor com 99,98% das urnas apuradas.

Neste domingo, o presidente eleito foi ao populoso bairro de Manchay, considerado um reduto fujimorista, onde participou de uma missa. No final do evento, não descartou que possa se reunir em breve com sua adversária política.

Keiko Fujimori aceitou sua derrota na sexta-feira (10), com base nos resultados oficiais de 99,98%, e anunciou que será oposição ao novo governo, junto com sua bancada parlamentar de 73 congressistas.

No final de junho, Kuczynski receberá, do Júri Nacional de Eleições, as credenciais de presidente da República. Seu mandato de cinco anos começa em 28 de julho próximo, substituindo Ollanta Humala.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos