Obama e Hillary adiam 1º evento de campanha juntos após ataque em Orlando

Washington, 12 Jun 2016 (AFP) - O presidente americano, Barack Obama, e a virtual candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, adiaram neste domingo o que seria seu primeiro evento eleitoral juntos, após o pior tiroteio na história recente dos Estados Unidos.

Hillary estaria ao lado de Obama, em um comício em Winsconsin, na próxima quarta-feira (15), depois que o presidente declarou seu apoio à pré-candidata na corrida pela indicação do Partido.

Depois da tragédia em Orlando, o compromisso foi adiado, de acordo com sua equipe de campanha.

A Casa Branca também confirmou o adiamento, anunciando: "Devido ao ataque em Orlando, a viagem do presidente para Green Bay, Wisconsin, programada para esta quarta-feira foi adiada".

Mais cedo, Obama fez um pronunciamento transmitida pela televisão para confirmar que o ataque a uma boate gay em Orlando, na Flórida, está sendo investigado como um potencial ato de terrorismo.

O suposto atirador, Omar Mateen, de 29 anos, foi previamente investigado pelo FBI por supostos laços com islamitas radicais, mas não estava sob vigilância e tinha permissão para portar armas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos