Cinco rebeldes curdos mortos em confrontos no noroeste do Irã

Teerã, 13 Jun 2016 (AFP) - Cinco rebeldes curdos morreram na região noroeste do Irã em confrontos com a Guarda Revolucionária, a tropa de elite da República Islâmica, informou a agência Sepahnews.

"Uma célula de cinco terroristas do pequeno grupo PJAK foi identificada e destruída na região de Sardasht", na fronteira com o Iraque, informou a Guarda Revolucionária em um comunicado citado pela agência.

Os militantes curdos mataram três basidjis (milicianos próximos à Guarda Revolucionária) há um mês, completa o comunicado.

O Partido por uma Via Livre no Curdistão (PJAK) é uma organização próxima ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) da Turquia.

Os últimos confrontos entre rebeldes curdos e a Guarda Revolucionária haviam acontecido em setembro de 2015, com quatro mortos, dois de cada lado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos