Iraque prende mais de 500 supostos membros do EI que fugiam de Fallujah

Fallujah, Iraque, 13 Jun 2016 (AFP) - As forças iraquianas prenderam mais de 500 supostos membros do Estado Islâmico (EI) que tentavam fugir da cidade de Fallujah misturados aos civis, informou a polícia nesta segunda-feira.

"Prendemos 546 suspeitos de terrorismo que haviam fugido aproveitando a fuga das famílias deslocadas (que deixaram a cidade) nas últimas duas semanas", disse Hadi Rzayej, chefe de polícia da província de Al-Anbar, onde Fallujah está localizada.

"Muitos deles estavam usando identidades falsas", indicou à AFP a partir do lado sul de Fallujah, onde as forças iraquianas conduzem uma ofensiva para recuperar o controle.

Quando os civis se deparam com as forças do governo, homens adultos e adolescentes são controlados separadamente. Alguns são libertados depois de várias horas, enquanto os outros são submetidos a um interrogatório exaustivo.

Até a semana passada, estimava-se que cerca de 50.000 civis ainda estavam presos no centro da cidade, um dos últimos redutos do grupo extremista no Iraque, apenas 50 km a oeste de Bagdá.

O exército iraquiano abriu no sábado um corredor humanitário a sudoeste da cidade para permitir que milhares de civis escapassem do EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos