Autor de assassinatos na França jurou lealdade do Estado Islâmico

Paris, 14 Jun 2016 (AFP) - O autor dos assassinatos de um policial e sua companheira na noite de segunda-feira em Paris jurou lealdade ao chefe do grupo Estado Islâmico (EI) há três semanas e tinha em seu poder uma lista de possíveis alvos de um ataque, segundo o promotor público de Paris, François Molins.

Durante as negociações com os policiais, o extremista informou ser muçulmano praticante e que há três semanas jurou lealdade ao comandante do EI, Abu Bakr al-Baghdadi, segundo declarou Molins à imprensa.

A polícia também encontrou na residência do extremista uma lista de objetivos, com nomes de personalidades, policiais e rappers.

Também foram achados telefones celulares, facas e uma faca ensanguentada sobre uma mesa.

bur-hba/prh/pjl/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos