EUA pedem à Venezuela que liberte presos políticos e alivie a escassez

Santo Domingo, 14 Jun 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, pediu à Venezuela que liberte os presos políticos, respeite a liberdade de expressão e alivie a escassez de comida de que padece o país.

Falando por ocasião da Assembleia Geral da Organização de Estados Americanos (OEA), em Santo Domingo, o chefe da diplomacia francesa declarou que é "profundamente preocupante a situação na Venezuela".

A chanceler venezuelana Delcy Rodríguez respondeu à declaração de Kerry afirmando que "os assuntos internos da Venezuela se restringem aos venezuelanos".

"Os assuntos internos da Venezuela dizem respeito aos venezuelanos", enfatizou.

"Na Venezuela não há presos políticos", disse ainda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos