EUA alertam a Rússia que a paciência dos EUA a respeito da Síria é limitada"

Oslo, 15 Jun 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, advertiu nesta quarta-feira a Rússia e o presidente sírio Bashar al-Assad sobre a necessidade de respeitar o cessar das hostilidades, ao afirmar que "paciência" de Washington é "muito limitada".

"É evidente que o cessar das hostilidades está ameaçado e que é crucial instaurar uma verdadeira trégua. Somos conscientes, não temos ilusões", disse o chefe da diplomacia dos Estados Unidos em Oslo, onde se reuniu com o colega iraniano Mohamad Javad Zarif.

"A Rússia tem que entender que nossa paciência não é infinita. De fato, (nossa paciência) é muito limitada a respeito de saber se Assad prestará ou não contas", destacou.

Washington "também está disposto a pedir contas aos (grupos armados) membros da oposição (...) que continuam os combates violando o cessar-fogo", disse Kerry.

No início de junho, Bashar al-Assad prometeu reconquistar "cada centímetro" de seu país, afastando assim qualquer possibilidade de trégua duradoura.

phy-gab/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos