Evo Morales felicita OEA por posição sobre Venezuela

La Paz, 17 Jun 2016 (AFP) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, felicitou a Organização dos Estados Americanos (OEA), nesta quinta-feira (16), pela decisão de continuar promovendo e apoiando o diálogo na Venezuela, depois de fazer, por vários dias, duras críticas à entidade.

"A OEA derrotou os interesses intervencionistas do governo dos EUA contra o governo da Venezuela. Felicidades para a OEA", disse o presidente, em sua conta pessoal no Twitter.

"O diálogo e a democracia triunfaram, graças à consciência ideológica e política dos países da América Latina", completou Morales.

A organização convocou uma reunião para a próxima semana com os mediadores do diálogo entre governo e oposição - os ex-presidentes José Luis Rodríguez Zapatero (Espanha), Leonel Fernández (República Dominicana) e Martín Torrijos (Panamá).

Os três promovem a aproximação, a pedido da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), enquanto o secretário-geral da OEA defende a aplicação da Carta Democrática. Essa posição motivou intensas críticas da Venezuela e de seu aliado Morales.

O presidente boliviano antecipou, esta semana, que pensava em tirar seu país da OEA, se a organização continuasse a agir a favor dos EUA e contra o governo Maduro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos