Hong Kong: 12 anos de prisão para sequestrador de herdeira do setor têxtil

Hong Kong, 16 Jun 2016 (AFP) - Um tribunal de Hong Kong condenou nesta quinta-feira a 12 anos de prisão um membro do grupo que sequestrou a herdeira de uma grande empresa do setor têxtil e recebeu um resgate de mais de três milhões de dólares.

Queenie Rosita Law, 29 anos, neta do falecido magnata do setor têxtil Law Ting-pong, fundador da marca Bossini, foi sequestrada em abril de 2005 em sua residência de Hong Kong.

Durante três dias ela foi mantida em cativeiro em uma gruta de uma região montanhosa da ex-colônia britânica. A família pagou resgate de 28 milhões de dólares de Hong Kong (US$ 3,6 milhões).

O único membro do grupo de sequestradores a ser julgado em Hong Kong foi Zheng Xingwang, de 30 anos, que admitiu a culpa.

Outros oito integrantes do grupo estão detidos na China continental e aguardam a pena.

A vítima e o namorado dormiam em sua residência de Clearwater Bay, na parte continental de Hong Kong, quando os sequestradores, chineses procedentes do continente, invadiram a casa.

Os criminosos também roubaram joias e dinheiro, que foi quase totalmente recuperado.

at-lm/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos