ONG norueguesa alerta para "desastre humanitário" em Fallujah

Oslo, 16 Jun 2016 (AFP) - Com o fogo cruzado e em breve sem mantimentos, os civis enfrentam um "desastre humanitário" em Fallujah, objetivo da ofensiva do exército iraquiano contra o grupo Estado Islâmico (EI), alertou o Conselho Norueguês para os Refugiados (CNR), ONG que atua na região.

"Temos um desastre humanitário dentro de Fallujah e outro desastre em curso nos campos" que recebem os civis que fugiram da cidade, declarou Jan Egeland, secretário-geral do CNR.

"Milhares de pessoas em fuga do fogo cruzado depois de meses de cerco e à beira da fome precisam de ajuda e cuidados, mas nossas reservas devem acabar em breve. A comunidade humanitária precisa de financiamento imediato para impedir um desastre completamente evitável diante de nossos olhos", alertou.

Ao menos 48.000 pessoas fugiram de suas casas desde o início da ofensiva contra Fallujah em 23 de maio, de acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos