Rebeldes sírios apoiados por EUA são atacados pela aviação russa

Washington, 17 Jun 2016 (AFP) - Aviões russos bombardearam rebeldes que têm o apoio dos Estados Unidos no sul da Síria, informou nesta quinta-feira um funcionário do departamento de Defesa.

Os bombardeios, que ocorreram na região de Al Tanaf, "levantam sérias preocupações sobre as intenções russas" na Síria, declarou o funcionário, que pediu para não ser identificado.

"Hoje, um avião russo fez uma série de ataques aéreos nos arredores de Al Tanaf contra forças sírias que lutam contra o grupo Estado Islâmico, incluindo indivíduos que recebem apoio dos Estados Unidos".

"Os aviões russos não estavam ativos nesta área do sul da Síria há algum tempo, e não havia soldados russos ou do regime nos arredores" da posição atacada, acrescentou o funcionário.

"Buscaremos uma explicação da Rússia sobre esta ação, além de garantias de que isto não acontecerá mais".

O incidente é revelado no momento em que o porta-voz do departamento de Estado John Kirby admite que diplomatas americanos criticaram a política do presidente Barack Obama na Síria, defendendo uma atuação mais firme contra Damasco.

Segundo os jornais The New York Times e The Wall Treet Journal, alguns diplomatas defendem ataques aéreos americanos contra as tropas do regime de Bashar al-Assad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos