Cameron defende a tolerância em homenagem a deputada assassinada

Londres, 17 Jun 2016 (AFP) - O primeiro-ministro britânico David Cameron fez nesta sexta-feia um apelo à tolerância durante um ato em homenagem à deputada Jo Cox en Birstall, asassinada na véspera.

"Onde vemos ódio, onde vemos divisões, onde vemos intolerância, temos que erradicá-los", afirmou Cameron, recordando que "a tolerância é a base da democracia britânica".

Ele e o líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, ofertaram uma coroa de flores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos