Indiciados e detidos na França suspeitos de ligação com morte de policial

Paris, 19 Jun 2016 (AFP) - Dois homens - suspeitos de ligação com Larossi Abballa, o extremista que matou um policial e sua companheira na última segunda-feira (13) na periferia de Paris - foram indiciados e detidos neste sábado.

Saad Rajraji, de 27, e Charaf Din Aberouz, de 29, são acusados de vínculos com um grupo terrorista, mas não estariam diretamente relacionados com o duplo assassinato cometido em nome do grupo Estado Islâmico (EI).

Os dois já haviam sido condenados junto com Abballa em setembro de 2013 por pertencerem a uma rede que enviava radicais ao Paquistão, informaram fontes judiciais.

Um terceiro homem detido no âmbito dessa investigação foi solto, sem acusações.

Na noite da última segunda-feira, Larossi Abballa matou a facadas um policial francês e sua companheira, até ser abatido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos