Itália celebra Orgulho Gay em meio a trauma recente do massacre de Orlando

Roma, 18 Jun 2016 (AFP) - Dezenas de milhares de pessoas participaram da Parada do Orgulho Gay em Florença, Gênova, Treviso, Varese e até mesmo em Palermo, em uma atmosfera festiva, apesar do recente trauma pelo massacre de Orlando.

Roma já havia comemorado a festa no dia 11 de junho, pouco antes do tiroteio que deixou 49 mortos em uma boate gay em Orlando, na Flórida.

Em Gênova, o primeiro carro do desfile carregava uma bandeira com as cores do arco-íris com uma fita preta e a mensagem "We are Orlando" (Somos Orlando).

Em Palermo foi observado um minuto de silêncio para lembrar as vítimas e o coordenador da marcha, Massimo Milani, desfilou em um vestido de casamento branco manchado de sangue, mas com os dizeres "We will survive!" ("Vamos sobreviver!").

Na cidade siciliana, os organizadores da parada escolheram como lema o slogan "Migrar é humano" para apoiar os milhares de migrantes que chegam a cada mês na ilha, muitos deles forçados a fugir dos seus países devido à sua orientação sexual.

Eles também lançaram uma mensagem sobre os múltiplos incêndios criminosos nos últimos dias na ilha com uma faixa com os dizeres "O único fogo que gostamos é o da paixão.".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos