Presidente argentino afirma ser o político mais transparente

Buenos Aires, 18 Jun 2016 (AFP) - O presidente da Argentina, Mauricio Macri, afirmou neste sábado que é o político mais transparente, em uma Argentina ainda aturdida por escândalos de corrupção e denúncias de sociedades 'offshore' mencionadas nos chamados Panama Papers.

"Sou o político que mais transparência tem em sua situação pessoal, sempre declarei tudo. A verdade é que nem me dei conta, honestamente", declarou, a respeito de uma conta sua nas Bahamas de mais de um milhão de dólares, segund declarações ao jornal El Tribuno, de Salta (norte).

Macri, filho de de um magnata, é investigado pela juistiça em função de figurar em relatório do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ) e o jornal alemão Süddeutsche Zeitung como diretor de sociedades em paraísos fiscais.

Com a divulgação do caso, o presidente revelou que tem um depósito nas Bahamas e que trará o dinheiro de volta para o país.

Consultado sobre a captura 'in fraganti' esta semana de um ex-vice-ministro de Obras Públicas dos governos de Néstor e Cristina Kirchner (2003-2015) com quase 9 milhões de dólares dentro de bolsas em um convento, disse que "a corrupção em geral acompanhou as últimas décadas e na última, creio, chegou a níveis inéditos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos