Boca de urna dá vitória a Virgínia Raggi, primeira prefeita de Roma

Roma, 19 Jun 2016 (AFP) - Virgínia Raggi será a nova prefeita de Roma - de acordo com pesquisas de boca de urna preliminares divulgadas neste domingo (19), o que representa um duro golpe para o governo de Matteo Renzi.

Se as projeções se confirmarem, essa advogada de 37 anos será a primeira mulher a governar a cidade.

As pesquisas apontam a vitória da candidata do partido antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S) com pelo menos 60% dos votos neste segundo turno realizado hoje, derrotando por uma ampla margem Roberto Giachetti, apoiado pelo Partido Democrático (PD, centro-esquerda) de Renzi.

O M5S foi fundado pelo humorista Beppe Grillo em 2009. No primeiro turno, Virgínia obteve 35% dos votos.

Em Turim, o partido de Renzi está praticamente empatado com o M5S e, em Milão, disputa voto a voto com o candidato de centro-direita, Stefano Parisi.

Em Bolonha, um histórico reduto eleitoral da esquerda, o partido de Renzi está em uma posição confortável, mas em Nápoles a sigla sequer chegou ao segundo turno. Lá, o prefeito em final de mandato, Luigi De Magistris, um atípico político de esquerda e inimigo de Renzi, voltou a ser o mais votado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos