Especialistas iniciam análise das caixas pretas do avião da EgyptAir

Cairo, 19 Jun 2016 (AFP) - Os especialistas iniciaram neste domingo no Cairo a análise das caixas-pretas do avião da companhia EgyptAir, que se precipitou no mar há um mês, com o objetivo de esclarecer as causas desse acidente que deixou 66 mortos.

Os cartões de memória fora extraídos dos gravadores em uma operação que durou 8 horas, o que antecipa um procedimento de análise que levará vários dias.

A equipe egípcia conta com o apoio de especialistas franceses e da companhia europeia Airbus, fabricante do A320 sinistrado.

A segunda caixa-preta do avião da EgyptAir que caiu no Mediterrâneo em 19 de maio foi recuperada na segunda-feira, mas foi encontrada muito fragmentada embora as equipes tenham consigo recuperar a parte mais importante, que contém a memória do aparelho.

O Airbus A320, que viajava entre Paris e Cairo, caiu no mar em 19 de maio com 66 pessoas a bordo, incluindo 40 egípcios e 15 franceses, depois de desaparecer repentinamente dos radares por causas ainda desconhecidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos