Donald Trump rompe com diretor de campanha

Washington, 20 Jun 2016 (AFP) - O republicano Donald Trump, candidato à presidência dos Estados Unidos, rompeu com seu polêmico diretor de campanha Corey Lewandowski, informou uma porta-voz do empresário ao jornal New York Times.

"A Campanha Donald J. Trump para Presidente, que estabeleceu um recorde na primária republicana, ao receber quase 14 milhões de votos, anunciou hoje que Corey Lewandowski não trabalhará mais com a campanha", disse a porta-voz Hope Hicks ao jornal.

Lewandowski esteve à frente da campanha de Trump desde o início, mas, recentemente, foi posto de lado em favor de políticos mais experientes, com a aproximação das eleições presidenciais em 8 de novembro.

O conselheiro se envolveu em uma série de polêmicas durante a campanha, em particular com uma jornalista durante um comício eleitoral em março.

A jornalista acusou Lewandowski de tê-la empurrado violentamente, a ponto de deixar marcas em seu braço, mas ele negou as acusações.

Um tribunal da Flórida, onde a queixa foi apresentada, decidiu rejeitar as acusações.

No momento não há informações precisas sobre os termos da cisão entre Lewandowski e o comitê de campanha de Trump.

Na última semana, várias fontes próximas a Trump asseguraram ao New York Times que o candidato presidencial estava interessado em reestruturar a sua campanha para a convenção do partido a ser realizada em Cleveland, Ohio, de 18 a 21 do próximo mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos