Confrontos na República Centro-Africana deixam 16 mortos

Bangui, República Centro-Africana, 21 Jun 2016 (AFP) - Dezesseis pessoas morreram e 20 ficaram feridas em confrontos no domingo e na segunda-feira entre grupos de criadores de gados fulanis e ex-rebeldes do grupo Seleka na República Centro-Africana, informou a polícia local.

"De acordo com o primeiro balanço, 16 pessoas, a maioria fulanis armados, morreram e mais de 20 ficaram feridas nos confrontos", declarou à AFP um policial de Kaga Bandoro (norte) que pediu anonimato.

"Os confrontos começaram na região de Batangafo e chegaram às localidades de Wandago, Gondava", completou a fonte.

Os incidentes estão relacionados com a chegada de homens procedentes de Camarões e Chade em busca de pastos para seu gado no norte da República Centro-Africana.

Os criadores de gado costumam andar armados para evitar ladrões. Quando são atacados respondem com represálias contra as localidades de origem de seus agressores.

acp-mc/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos