Esquerda latino-americana revisará seus avanços em fórum de São Paulo

San Salvador, 21 Jun 2016 (AFP) - Representantes da esquerda latino-americana se reunirão em San Salvador entre quinta-feira e domingo no XXII Fórum de São Paulo, para discutir sobre como governar de maneira justa com participação dos cidadãos, informou nesta terça-feira uma fonte do evento.

"A ideia do fórum é fazer uma revisão sobre como podemos fazer um governo não somente a nível nacional, mas a partir dos municípios, levando em conta um modelo no qual a participação dos cidadãos é importante, onde as políticas sociais são inclusivas", disse à imprensa o secretário-geral do partido salvadorenho 'Frente Farabundo Martí de Liberación Nacional' (FMLN), Medardo González.

Espera-se a presença de aproximadamente 250 delegados de 60 partidos políticos ou organizações de esquerda do Brasil, Nicarágua, Honduras, Guatemala, Costa Rica, Panamá, Cuba, México, Venezuela, Peru, Bolívia, Equador, Chile, Argentina, Colômbia e Paraguai, entre outros países, de acordo com relatório da FMLN.

"O fórum também servirá para conhecer as experiências boas e ruins de governo, e com base nesse balanço analisar o que temos de fazer para continuar governando", afirmou a deputada Nidia Díaz, da direção do FMLN.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos