França anuncia detenção de três pessoas ligadas ao assassino de policial

Paris, 21 Jun 2016 (AFP) - A polícia francesa anunciou a detenção de três pessoas ligadas a Larossi Abballa, o homem que matou um policial e sua companheira na semana passada, que podem ter ajudado o assassino a encontrar as vítimas.

Os três homens detidos já haviam sido condenados por atos de caráter terrorista e, segundo uma fonte policial, vigiaram as vítimas, Jean-Baptiste Salvaing e Jessica Schneider.

Os crimes aconteceram em 13 de junho em Magnanville, perto de Paris. Abballa, de 25 anos, reivindicou os assassinatos em nome do grupo Estado Islâmico (EI). Ele morreu pouco depois em uma operação policial.

Outras duas pessoas, Saad Rajraji e Sharaf-Din Aberouz, de 27 e 29 anos, foram detidas no sábado como parte da investigação por "associação de criminosos terroristas", mas até o momento não foram envolvidos diretamente nos assassinatos.

rb-mra/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos