Tropas israelenses matam adolescente palestino na Cisjordânia

Ramallah, Territórios palestinos, 21 Jun 2016 (AFP) - Um palestino morto durante a noite por soldados israelenses era, ao que parece, um "pedestre alheio" aos incidentes que levaram a tropa a abrir fogo contra um grupo de jovens, o que também deixou quatro feridos, anunciou o exército nesta terça-feira.

Durante a noite, o exército israelense anunciou que o palestino, Mahmud Badran, de 15 anos, e os quatro feridos atiravam pedras e bombas incendiárias em uma estrada da Cisjordânia ocupada por onde circulam israelenses.

Mas na manhã desta terça-feira, uma porta-voz do exército israelense afirmou à AFP que "segundo os primeiros elementos da investigação, parece que pedestres alheios aos incidentes foram atingidos por engano".

O adolescente morto estava entre os pedestres, assim como os feridos, segundo a porta-voz.

O ministério palestino da Saúde informou que o exército israelense matou um jovem e feriu outros quatro, sendo que três deles estão em condição crítica.

De acordo com o exército de Israel, um grupo de palestinos atirou pedras e artefatos incendiários perto da localidade de Beit Sira, ao oeste de Ramallah, na estrada 443, um eixo de circulação importante que atravessa a Cisjordânia e é utilizada pelos israelenses que viajam entre Jerusalém e Tel Aviv.

Três civis israelenses ficaram feridos, segundo o exército israelense, que informou que os soldados abriram fogo para proteger motoristas "em perigo iminente".

De acordo com a imprensa israelense, vários carros foram danificados e dois motoristas ficaram levemente feridos com as pedras e garrafas lançadas por palestinos.

Desde o início do atual ciclo de violência em Israel e nos territórios palestinos, morreram 209 palestinos, 32 israelenses, dois americanos, um eritreu e um sudanês.

Segundo as autoridades israelenses, a maioria destes palestinos morreu em ataques com facas, armas de fogo ou lançando veículos contra israelenses.

Outros morreram em confrontos com as forças de segurança ou vítimas de ataques aéreos israelenses na Faixa de Gaza.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos