Quatro palestinos são condenados por assassinato de casal israelense

Jerusalém, 22 Jun 2016 (AFP) - Quatro palestinos, acusados de pertencer ao movimento islamita Hamas, foram condenados nesta quarta-feira à prisão perpétua pelo assassinato em outubro de um casal de israelenses que circulava de carro pela Cisjordânia na companhia de seus filhos, informou o exército de Israel.

Um tribunal militar sentenciou "a duas penas de perpetuidade e a 30 anos de prisão [adicionais] cada um dos quatro palestinos membros de uma célula do Hamas, responsáveis pelo ataque", indicou um comunicado do exército.

Na violência cometida em outubro de 2015, morreram "Eitam e Naama Henkin na presença de seus filhos, acrescenta o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos