Aung San Suu Kyi se reúne com migrantes em visita a Tailândia

Bangcoc, 23 Jun 2016 (AFP) - A ministra das Relações Exteriores birmanesa e vencedora do Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, desembarcou nesta quinta-feira na Tailândia para encontros com alguns, entre centenas de milhares, de seus compatriotas exilados neste país para fugir da miséria ou da guerra.

Esta é a segunda viagem oficial ao exterior da ministra e conselheira especial do Estado, que assumiu o cargo em março. Em maio, a ex-dissidente fez uma visita relâmpago ao Laos.

Suu Kyi visitou o grande mercado de peixes de Samut Sakhon, ao sul de Bangcoc, uma região com quase 100.000 migrantes birmaneses que trabalham na indústria pesqueira.

A Nobel da Paz já havia visitado o local em 2012, depois de ser liberada da prisão domiciliar, em sua primeira viagem ao exterior em 24 anos.

"Digam diretamente o que esperam de mim. Sejam pragmáticos", afirmou a centenas de pessoas no encontro.

Milhares de simpatizantes da Dama de Yangun compareceram ao local.

Mais de um milhão de birmaneses vivem e trabalham legalmente na Tailândia, onde representam 80% dos trabalhadores imigrantes. Muitos residem de forma ilegal, segundo várias associações.

A grande maioria trabalha no setor pesqueiro, geralmente em condições difíceis, alguns em regime análogo ao da escravidão.

ssm-tib/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos