Mais de 100 detidos antes de manifestação contra reforma trabalhista em Paris

Paris, 23 Jun 2016 (AFP) - Ao menos 113 pessoas, algumas portando objetos que poderiam servir de projéteis, foram detidas nesta quinta-feira, em Paris, antes de uma nova manifestação contra a reforma trabalhista.

Milhares de pessoas devem sair às ruas nesta quinta-feira na França, em um novo dia protestos, o décimo, contra a reforma trabalhista do governo socialista, que já alertou que não tolerará novos incidentes.

A marcha de 14 de junho mostrou imagens de guerrilha urbana, dezenas de feridos e várias prisões, em um contexto de grande mobilização policial pela ameaça extremista e a Eurocopa de futebol.

O governo francês autorizou finalmente uma manifestação depois de, em um primeiro momento ter proibido, alegando questões de segurança.

A marcha acontecerá em um trajeto proposto pelo ministério do Interior de 1,6 km na zona da praça da Bastilha, informou Philippe Martinez, líder do sindicato CGT.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos