Escócia deve votar independência do Reino Unido,diz premiê

Em Londres

Londres, 24 Jun 2016 (AFP) - A chefe do governo regional escocês, Nicola Sturgeon, anunciou nesta sexta-feira que deseja realizar um segundo referendo sobre a independência da Escócia, onde, ao contrário de todo o país, votou pela permanência da União Europeia (UE).

"A opção de um segundo referendo deve estar sobre a mesa e está sobre a mesa", afirmou Sturgeon em um discurso em Edimburgo, anunciando que em breve iniciará os preparativos legais para o plebiscito.

Para a líder do Partido Nacional Escocês (SNP), houve "uma alteração material significativa nas circunstâncias em relação ao momento em que a Escócia votou contra a independência" em 2014.

"Como as coisas estão, a Escócia enfrenta a perspectiva de ser tirada da UE contra a sua vontade. Eu acho que isso é democraticamente inaceitável", disse ela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos