PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Brexit é um "golpe contra a Europa e o processo de unificação", diz Merkel

24.jun.2016 - A chanceler (premiê) alemã, Angela Merkel, dá coletiva em Berlim sobre o resultado do referendo britânico - John Macdougall/AFP
24.jun.2016 - A chanceler (premiê) alemã, Angela Merkel, dá coletiva em Berlim sobre o resultado do referendo britânico Imagem: John Macdougall/AFP

Em Berlim

24/06/2016 08h26

A vitória do Brexit é um "golpe contra a Europa", declarou nesta sexta-feira a chanceler alemã, Angela Merkel, que convidou o presidente francês François Hollande, o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi e o presidente do Conselho Europeu Donald Tusk para uma reunião em Berlim na segunda-feira (27).

"Tomamos nota com pesar da decisão da maioria da população britânica", declarou Merkel.

"É um golpe contra a Europa, um golpe contra o processo de unificação europeia", completou a chanceler alemã.

O que acontece agora?

BBC Brasil

Mas a chanceler disse acreditar que o bloco é forte o suficiente para lidar com a situação.   

Merkel também lembrou que o Reino Unido continua membro da UE com "todos seus direitos e obrigações" até que as negociações sejam concluídas.  

Ela destacou que as autoridades europeias não devem tomar conclusões "rápidas e simples" sobre o referendo do "Brexit" que só acabariam criando mais divisões, e pediu "calma e moderação para tomar juntos as decisões corretas".

Merkel também pediu para aproximar o projeto europeu dos cidadãos, levando em conta que a Europa é "diversa" e, em consequência, as "expectativas" de seus habitantes também são.

Neste sentido, advertiu contra o euroceticismo, indicando que as "dúvidas fundamentais" em torno do processo europeu crescem "não só no Reino Unido, mas em todos os países".

Segundo sua opinião, é essencial assegurar que todos os cidadãos percebam que a UE contribui para a melhora de suas vidas em nível individual.

Internacional